quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Novidade Circulo de Leitores

1


Pela primeira vez em 400 anos, será publicada toda a obra de Padre António Vieira, uma edição do Círculo de Leitores
Na véspera do 405.º aniversário do nascimento de Padre António Vieira, temos o prazer de anunciar que o Círculo de Leitores publicará a obra completa de Padre António Vieira. Composta por trinta volumes, inclui cartas, sermões, profecias, política, teatro, sendo muitos destes textos ainda inéditos.
A série, cujos três primeiros volumes estarão disponíveis no Círculo de Leitores em abril –, é dirigida por José Eduardo Franco e Pedro Calafate e envolveu o trabalho de uma vasta equipa de investigadores de Portugal e do Brasil. A Santa Casa da Misericórdia apoia o trabalho de investigação que sustenta esta edição, através de um protocolo celebrado com a Universidade de Lisboa que será assinado amanhã, no Instituto de São Pedro de Alcântara.
Esta obra reflete um trabalho rigoroso e aturado, um regresso às fontes manuscritas e impressas, com recurso a diversos arquivos pelo mundo em busca de documentos nunca publicados – como é o caso de A Chave dos Profetas.


«É de facto o maior prosador – direi mais, é o maior artista – da língua portuguesa.»
Fernando Pessoa


Sobre os coordenadores da obra:
Pedro Calafate, historiador e professor catedrático da Universidade de Lisboa, especialista no estudo do barroco e do racionalismo iluminista do século XVIII. Foi distinguido com o Prémio Aboim Sande Lemos da Universidade Católica Portuguesa pela obra «A Ideia de Natureza no século XVIII em Portugal». Professor convidado nas Universidades de Viena e Copenhaga.
José Eduardo Franco, historiador, ensaísta e poeta. Especialista na temática dos Jesuítas em Portugal, completou o seu doutoramento pela École des Hautes Études en Sciences Sociales de Paris. Faz parte do Centro de Literaturas de Expressão Portuguesa das Universidades de Lisboa, estando envolvido em vários projetos de investigação sobre os grandes mitos portugueses.
Reacções:

1 comentário: