quarta-feira, 24 de maio de 2017

[Opinião] "Pensar como Stephen Hawking" de Daniel Smith (Vogais)

0

Sinopse:

Como poderá você inspirar-se no cientista mais célebre da atualidade?

Stephen Hawking é um dos mais consagrados cientistas de sempre. O trabalho notável que tem desenvolvido ao longo dos anos na área da cosmologia contribuiu para uma melhor compreensão sobre o funcionamento dos buracos negros, tendo as suas teorias mudado a forma como vemos o Universo. Muitas das suas teses têm desafiado o mundo científico e, sobretudo, posto em causa a própria noção do tempo e a existência de um deus.

Hawking tornou-se famoso pelo seu trabalho, mas a sua celebridade deve-se também à batalha que tem travado contra a esclerose lateral amiotrófica, uma doença degenerativa e incurável que o confinou a uma cadeira de rodas a maior parte da sua vida.


Descubra como uma mente extraordinária encarcerada num corpo frágil enfrentou todas as adversidades, mostrando-nos como tudo é realmente possível.

Ficha Técnica:


ISBN: 9789898855114
Edição ou reimpressão: 01-2017
Editor: Vogais
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 228 x 16 mm
Encadernação: Capa mole
 Páginas: 224
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Ciências Exatas e Naturais > Física

Livros em Português > Literatura > Biografias

Opinião:

Stephen Hawking é uma improbabilidade matemática. Ele tinha tudo contra ele, o seu tempo estaria contado e isso tornou-o mais persistente e transformou-se num dos maiores físicos teóricos da atualidade.

Como astrofísica, ele é uma pessoa que admiro e cujo trabalho sigo. Enquanto pessoa, admiro a sua persistência contra a adversidade e contra tudo o que limita a sua vida. Com 70 anos dobrou a sua esperança média de vida. Qual será o seu segredo?

Este livro mostra-nos uma pequena ideia que pode ser a resposta para esta questão.

Ao lermos este livro, vemos mais do que o mito que é Stephen Hawking, mas sim o homem que ele é e como se tornou. Vemos as suas qualidades e os seus defeitos. Daniel Smith conseguiu transformá-lo num ser humano, deixando para trás as nossas ideias pré-concebidas.

É um livro pequeno que se lê facilmente, muito perto da realidade do que foi e é a vida do cientista.


LilianaNovais

terça-feira, 23 de maio de 2017

[Opinião] "Desejo Concedido" de Megan Maxwell (Planeta)

0





Sinopse:

O romance é passado na Inglaterra do século XIV. Lady Megan Phillips - jovem muito bela e lutadora cuja vida não tem sido fácil, e , o highlander Ducan McRae, acostumado a chefiar exércitos, a comandar batalhas e a sair vitorioso de todas.


Esta nova série tem como protagonistas mulheres com um intrépido espírito guerreiro, que perseguem os seus ideais e conjuga o romance histórico com o erotismo.

Ficha Técnica:


ISBN: 9789896578916
Edição ou reimpressão: 04-2017
Editor: Editorial Planeta
Idioma: Português
Dimensões: 153 x 235 x 31 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 512
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Literatura Erótica

Opinião:

Os escoceses são aquele tipo de homem que despertam a curiosidade de uma mulher. Eles vivem no nosso imaginário e todas sempre tivemos aquela pergunta na mente: "O que será que usam debaixo do Kilt?" Por mais que digam que os homens não devem usar saias, não conseguimos olhar para estes sem ver homens intensos e fortes.

Peço desculpa aos leitores do sexo masculino, mas é assim.

Neste livro encontramos mulheres fortes e homens interessantes. A Megan atingiu todas as expectativas que tinhamos para ela, enquanto guerreira e irmã mais velha. A personagem que mais me irritou neste livro foi a da irmã da personagem principal, a Shelma, a qual perde o rumo  a meio do livro e acaba por criar situações complicadas.

Duncan é um homem marcado pelo seu passado e que tem receio de recomeçar a viver.

Apesar de ser muito diferente do comportamento que esperavamos de mulheres daquela época é um livro bastante interessante, já que temos duas personagens principais igualmente casmurras e com personalidades bem fortes.

Gostei muito deste livro, apesar de ser um bocado diferente do que estou habituada para esta autora e de se tratar do século XIV, bem antes das séries vitorianas que li.

LilianaNovais

[Opinão] "A Rainha Subjugada" de Philippa de Gregory (Planeta)

0



Sinopse:

Intriga, ambição, poder, amor e história, com uma pesquisa rigorosa e contada de forma soberba sobre Catarina Parr.

A última e sexta mulher sobrevivente de Henrique VIII. Uma mulher forte, intelectual, culta e de uma beleza cativadora.


Novo livro da série Os Tudor, de Philippa Gregory, a escritora consagrada e mais lida do romance histórico em todo o mundo.

Ficha Técnica:

ISBN: 9789896579012
Edição ou reimpressão: 04-2017
Editor: Editorial Planeta
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 233 x 27 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 440
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance

Opinião:


Catarina Parr sabia que no momento que dissesse que sim ao pedido de casamento do Rei, temeria pela sua vida  cada segundo do dia. Nunca mais teria paz nem poderia confiar em niguém. Tinha muitos exemplos antes de si da crueldade de um rei o qual, outrora, fora considerado o mais belo e galante de Inglaterra.

Era a sexta vez que o Rei se casava, e este vivia assombrado com a memoria de uma outra rainha Catarina Seymor que havia lhe dado o seu único filho homem. E Catarina Parr viveu assombrada com esta memória que estava viva na memória do seu marido.

Henrique VIII tornara-se num homem cruel e doentio, sofrendo de dores intensas e de um cheiro putrefato de carne em decomposição. As pessoas temiam a sua loucura, num momento eram seus amigos, no outro, iam para a Torre onde aguardavam a visita do seu carrasco.

Catarina é conhecida como a mulher que sobreviveu, e neste livro vamos conhecê-la melhor. Esta conseguir unir a família do Rei apesar de ter medo por si e pelos seus. Acabou por guiar Isabel nas suas crenças religiosas.

Mulher de convições fortes, tornou-se o centro da cultura e uma mulher de renome, muito para além da sua condição de mulher do Rei. O que o fez temer e tentar quebrá-la.

Philippa de Gregory já demonstrou uma enorme capacidade para escrever acerca desta família inglesa tão conhecida.

Um excelente livro repleto de acção e conspirações.


LilianaNovais

[Opinião] "Despertar do Crepúsculo" de Anne Bishop (Saída de Emergência)

0


Sinopse:

Os "sombriamente fascinantes" romances das Joias Negras de Anne Bishop, autora de sucesso consagrada no top do New York Times, têm cativado igualmente leitores e críticos devido à mescla de fantasia, intriga e romance. Com o presente Despertar do Crepúsculo, Bishop regressa ao reino dos Sangue com quatro inéditas e fascinantes novelas.

Prendas de Winsol
Daemon, Príncipe dos Senhores da Guerra de Joias Negras de Dhemlan, está ainda a adaptar-se ao seu primeiro ano de casado com a sua Rainha Feiticeira, Jaenelle. Porém, com a aproximação da celebração do Winsol que se prolonga por treze dias, Daemon tem de lidar com demasiadas solicitações ao mesmo tempo que se assume como anfitrião da sua admirável família.

Cambiantes de Honra
Ainda a recuperar da provação que a deixou ferida e furiosa, Surreal regressa a Ebon Rih sob as ordens do Príncipe Lucivar. Quando o seu antigo amante Falonar desafia impiedosamente a autoridade da família à qual ela pertence, Surreal poderá, por fim, sucumbir às trevas que ardem no seu âmago.

Família
Quando alguém arma uma cruel cilada à Rainha Sylvia e aos seus filhos, as sequelas consomem por completo as vidas da família reinante de Dhemlan. Terão de desvendar a identidade do Senhor da Guerra conhecido somente como Sem Rosto antes que regresse para terminar o que começou.

A Filha do Senhor Supremo

Após a perda das duas pessoas mais importantes da sua vida, Daemon assumiu o papel de seu pai, Saetan, como Senhor Supremo do Inferno, construindo um muro em redor do seu coração. Porém, ao estabelecer inadvertidamente uma nova relação, bastará ela para o libertar da sua vida desprovida de amor?

Ficha Técnica:

ISBN: 9789896373498
Edição ou reimpressão: 06-2011
Editor: Saída de Emergência
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 231 x 28 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 400
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Literatura Fantástica

Opinião:


Chega assim ao final a história de Daemon e de Janelle. é o final de uma saga e uma despedida agridoce, porque ficamos com a sensação de fecho mas permanece o desejo de continuar a visitar as personagens pelas quais nos apaixonamos.

Foi com sentimentos contrários que li este livro. Se, por um lado, queria saber o que iria acontecer ao virar a página, por outro não queria chegar ao final deste, já que isso significaria que acabara o livro. E, que provavelmente não voltaria ao mesmo Universo. Despedir-me destas personagens foi difícil.

Não há muito que possa dizer acerca deste sem que acabe por levantar o véu acerca do que acontece no final. A verdade é que nos livros anteriores fomos preparados para este final, se bem que não o tenhamos compreendido na altura, já que ficaram coisas por dizer que apenas agora compreendemos.

Há momentos emotivos, tristes, intensos. Não faltam emoções. Vamos sofrer até à última página, ao poucos tentamos adivinhar o final, mas este ilude-nos a cada passagem.

Depois de ter lido toda esta saga, tenho a certeza que a voltarei a ler, e tenho a certeza que cada leitura me trará algo de novo. Enquanto não o faço, vou lendo mais livros da autora que vão sendo publicados.



LilianaNovais

[Opinião] "A Senhora de Shalador" de Anne Bishop (Saída de Emergência)

0


Sinopse:

Durante longos anos, o povo de Shalador suportou as crueldades das Rainhas corruptas que reinavam, proibindo tradições, punindo quem se atrevia a desafiá-las e forçando muitos à clandestinidade. Pese embora os refugiados tenham encontrado abrigo em Dena Nehele, nunca conseguiram considerar esse lugar como a sua terra.
Agora, depois da aniquilação dos Sangue deturpados de Dena Nehele após a purificação, a Rainha de Jóia Rosa, Senhora Cassidy, assume como seu dever restaurar a terra e dar provas das suas capacidades como soberana. Ciente de que para assumir tal tarefa irá precisar de todo o ânimo e coragem que conseguir reunir, invoca o poder dentro dela que nunca fora posto à prova, um poder capaz de a consumir caso não consiga controlá-lo.

Ainda que a Senhora Cassidy sobreviva à sua prova de fogo, outros perigos a aguardam. Pois as Viúvas Negras descortinam nas suas teias entrelaçadas visões de algo iminente que irá mudar a terra - e a Senhora Cassidy - para sempre.


Ficha Técnica:

ISBN: 9789896372866
Edição ou reimpressão: 01-2011
Editor: Saída de Emergência
Idioma: Português
Dimensões: 160 x 231 x 44 mm 
Encadernação: Capa mole 
Páginas: 496
Tipo de Produto: Livro
 Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Literatura Fantástica

Opinião:

Com um tom claramente sensual, Anne Bishop leva-nos novamente ao mundo dos Sangue.

Sem dúvida este é o meu Universo preferido da autora, repleto de mistério, intensidade, magia e sensualidade. Foi um regresso, após ter lido outras obras da autora, a qual tem sido novamente publicada em Portugal com o seu Universo dos Outros.

Foi com Janelle que me apaixonei pela obra desta autora e como se diz por aí, não há amor como o primeiro.

Neste livro, não temos como personagens principais a família SaDiablo, mas sim uma terra que foi devastada pela perversidade e que tenta recuperar. Mas que vê Cassidy como uma rainha, estranha, diferente. Tendo dificuldade em compreendê-la.

Aos poucos ela vai conquistando quem a rodeia e vai conseguindo encontrar outras rainhas escondias, que foram mantidas a salvo das rainhas loucas e acaba por tomá-las sob a sua asa. Mas, antes de provar o seu valor tem de conseguir vencer os fantasmas que teimam em ensombrar a sua vida.

Um excelente livro que nos leva ao nosso muito amado universo das joias negras, com machos intensos e fêmeas com temperamento complicado.

LilianaNovais

segunda-feira, 8 de maio de 2017

[Opinião] "A rapariga de antes" de JP Delaney (Suma de Letras)

0




Sinopse:

«Por favor, faça uma lista de todos os bens que considera essenciais na sua vida.»

O pedido parece estranho, até intrusivo. É a primeira pergunta de um questionário de candidatura a uma casa perfeita, a casa dos sonhos de qualquer um, acessível a muito poucos. Para as duas mulheres que respondem ao questionário, as consequências são devastadoras.

EMMA: A tentar recuperar do final traumático de um relacionamento, Emma procura um novo lugar para viver. Mas nenhum dos apartamentos que vê é acessível ou suficientemente seguro. Até que conhece a casa que fica no n.º 1 de Folgate Street. É uma obra-prima da arquitectura: desenho minimalista, pedra clara, muita luz e tectos altos. Mas existem regras. O arquitecto que projectou a casa mantém o controlo total sobre os inquilinos: não são permitidos livros, almofadas, fotografias ou objectos pessoais de qualquer tipo. O espaço está destinado a transformar o seu ocupante, e é precisamente o que faz…

JANE:Depois de uma tragédia pessoal, Jane precisa de um novo começo. Quando encontra o n.º 1 de Folgate Street, é instantaneamente atraída para o espaço —e para o seu sedutor, mas distante e enigmático, criador. É uma casa espectacular. Elegante, minimalista. Tudo nela é bom gosto e serenidade. Exactamente o lugar que Jane procurava para começar do zero e ser feliz.
Depois de se mudar, Jane sabe da morte inesperada do inquilino anterior, uma mulher semelhante a Jane em idade e aparência. Enquanto tenta descobrir o que realmente aconteceu, Jane repete involuntariamente os mesmos padrões, faz as mesmas escolhas e experimenta o mesmo terror que A Rapariga de Antes.



Ficha Técnica:

ISBN: 9789896652029
Edição ou reimpressão: 04-2017
Editor: Suma de Letras
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 228 x 27 mm
Encadernação: Capa mole
 Páginas: 400
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Policial e Thriller

Opinião:

Emma e Jane têm no seu passado acontecimentos traumáticos, os quais as fazem desejar por uma mudança radical, por algo diferente do que inicialmente tinham. E a resposta parece ser uma casa especial, completamente desprovida de sentimentos e que poucas pessoas parecem qualificadas oara viver. A  admissão de pessoas segue uma série de regas e não é qualquer um que pode alugar aquela casa, muitos são rejeitados sem qualquer explicação.

Jane consegue ser aceite pelo enigmático dono do edificio. Mas assimq meu se move começa a ser assombrada pelo "fantasma" de Emma, a rapariga de antes, que encerra o segredo acerca da sua morte.

Aos poucos vamos conhecendo as duas personagen, se Emma nos faz sentir empatia, Jane parece algo mais, que há algo que esconde. Aos poucos vamos conhecendo os segredos da casa e do que aconteceu. Vamos conhecendo as duas personagens.


Este é um romance viciante que nos leva a um mundo de mistério.

LilianaNovais

[Opinião] "O Segredo de Versálio" de Jordi LLobregat (Planeta)

0



Sinopse:

Barcelona de 1888, várias raparigas aparecem mortas… segredos, traições e paixões.
Nada é o que parece e ninguém está a salvo na Barcelona do fim do século XIX.

Um romance magistral e poderoso, escrito pelo autor Jordi Llobregat com o mesmo imaginário gótico e neo-realista dos romances de Carlos Ruiz Zafón.

Ficha Técnica:

ISBN: 9789896578749
Edição ou reimpressão: 02-2017
Editor: Editorial Planeta
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 233 x 32 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 527
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance

Opinião:

"O Segredo de Versálio" foi um dos livros que mais me surpreendeu nos últimos tempos. Intenso e repleto de ação e mistério superou todas as minhas expetativas.

Tudo começa com uma morte que poderia ter sido acidental, mas Daniel Amat suspeita que o seu pai foi assassinado. Juntamente com Fleixa e Pau, acabam por investigar uma série de mortes que podem estar relacionadas com essa morte.

Cheio de mistério e de revelações surpreendentes a cada virar de página "O Segredo de Versálio" leva-nos numa viagem ao passado, numa Barcelona completamente diferente da atual, com um submundo muito caraterístico e ameaçador.

Um livro que não se consegue pousar. Vale a pena ler.


LilianaNovais