segunda-feira, 20 de maio de 2013

[Opinião] “Anna e o beijo Francês” de Stephanie Perkins (Quinta Essência)

0



Sinopse:

Anna Oliphant tem grandes planos para o seu último ano em Atlanta: sair com a melhor amiga, Bridgette, e namoriscar com um colega no cinema onde trabalha. Por conseguinte, não fica muito contente quando o pai a envia para um colégio interno em Paris. As coisas começam a melhorar quando ela conhece Étienne St. Clair, um rapaz deslumbrante - que tem namorada. Ele e Anna tornam-se grandes amigos e as coisas ficam infinitamente mais complicadas. Irá Anna conseguir um beijo francês? Ou algumas coisas não estão destinadas a acontecer?

«Elegante e sensual, Anna e o Beijo Francês é tudo o que o seu coração deseja. Vai querer viver dentro desta história para sempre. Mais, s'il vous plaît!»
Lisa McMann
«Muito astuto. Muito engraçado. Muito romântico. Deve namorar este livro.»
Maureen Johnson
«Mágico. Anna e o Beijo Francês capta realmente a sensação de estar apaixonado .»
Cassandra Clare
«Ninguém capta melhor do que Stephanie Perkins a emocionante e desgastante pergunta “mas será que ele gosta de mim?”. Uma leitura deliciosa.»
Justina Chen
«Imagine uma caneca de chocolate quente bem espesso. Agora adicione um remoinho de natas. Delicioso? Oui. Bem, Anna e o Beijo Francês é mais denso, mais doce, e - sim - ainda mais quente. Tem aqui um miminho muito especial.»
Lauren Myracle

Ficha Técnica:

Autor:   Stephanie Perkins
Editora:               Quinta Essência
Data de Lançamento:    Maio 2013
ISBN:     9789897260599
Dimensões:       15,5 x 23,5 cm
Nº Páginas:        288
Encadernação:  Capa mole

Opinião:

“Anna e o beijo francês” é um livro que é mais orientado para o público mais jovem, porque é um livro leve e com um ligeiro toque de humor. Aborda o drama e a magia do primeiro amor, aquele que realmente é o primeiro. Que nos sentimos perdidamente apaixonados, e o que aconteceria se essa pessoa fosse o nosso melhor amigo e tivesse namorada?

Anna é enviada para um colégio interno em França pelo seu pai. Ela vai contrariada, sente que é o final da sua vida. Mas as coisas começam a mudar quando trava amizades com vários colegas.

Este é um livro que foge ao registo da editora Quinta-Essência por ser mais jovial. O que é uma lufada de ar fresco e também uma boa surpresa.

As personagens que Stephanie Perkins são realistas e bem adaptadas à história que ela criou. Temos os melhores amigos, as convencidas, os galãs entre outros.

A narração na primeira pessoa faz com o leitor se aproxime da personagem principal Anna e sinta que está a andar nos seus sapatos, que sinta toda a sua insegurança e todas as suas certezas.

Stephanie Perkins transmite de uma forma simples todos os sentimentos da personagem numa linguagem adaptada à idade desta. Tal como na vida real, existem momentos de humor e momentos de zanga entre as personagens, transmitindo assim ao leitor as relações entre as mesmas.

Ao longo do romance pensamos: será que é agora? Vai, avança. Estás à espera do quê? E cada vez mais, ficamos envolvidos na história e na acção acabando por nos viciar e queremos chegar rapidamente ao final e ver se Anna e Étienne ficarão juntos.

Como já referi este livro é uma lufada de ar fresco, e que nos faz relembrar a nossa adolescência e aquela sensação de estar apaixonado. É uma história juvenil que se adapta a todas as idades.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário