sexta-feira, 19 de abril de 2013

[Opinião] “E É Assim que Hiram é grande” de Marc Viellard (Campo da Comunicação Editora)

0



Sinopse:

Uma gigantesca explosão sacudiu o quarteirão dos Halles. Os investigadores concluíram por um acidente banal provocado por uma fuga de gás. Mas Isabelle Le Guen, jovem directora da polícia científica, descobre provas de que afinal não há nada de acidental nessa explosão. Apesar dos seus superiores tentarem dissuadi-la, ela não renuncia, e prossegue a investigação que a há-de levar de Paris a Lisboa.

Ficha Técnica:

Autor: MARC VIELLARD
Editora: Campo da Comunicação
Colecção: N i
Número de páginas: 295
ISBN: 9789728610739

Opinião:
Neste livro achei bastante interessante o facto de Marc Viellard ter escolhido uma personagem feminina para elemento central da sua trama, o que é raro neste tipo de livros. Outro facto interessante é que parte do livro ocorre em Lisboa. Ler como esta cidade é vista pelos olhos de um estrangeiro é muito curioso.

A acção desenrola-se rapidamente com alguns pontos altos. A forma como o autor escreve é muito directa sem floreados nem artifícios. As descrições das paisagens portuguesas estão bem conseguidas.

As suas personagens são realistas. Com as suas limitações e pontos fortes.

Quanto à história em si, é emocionante, tendo também bastante informação acerca da misteriosa maçonaria.

É um livro para quem gosta de tramas maçónicas.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário