domingo, 31 de março de 2013

[Opinião] “Diário dos Imperfeitos” de João Morgado (Kreamus Edições)

3



Sinopse:

«Diário dos Imperfeitos» é uma viagem à intimidade das pessoas. Vítima de um acidente, a “Gaivota” é uma mulher que precisa de redescobrir todas as emoções sequestradas dentro de si. Ao mesmo tempo, reaprende a conhecer o seu corpo - uma aventura refreada pela moral, pela sombra do pecado, e pelo medo que pode levar à própria insanidade. Uma luta interior entre o bem e o mal, que leva a uma inevitável conclusão: todas as pessoas são imperfeitas!
Como irá reagir de novo à sua realidade? Voltará a ser quem era? E os que estão a seu lado, como vão sobreviver a esta viagem? Uma escrita intimista, que procura descortinar os sentidos e as emoções dos diferentes personagens. Do prazer mais carnal ao amor puro, passando pela falsa moral da sociedade e da religião. Pelo meio, a filosofia simples de duas personagens inusitadas - a mulher que lê pensamentos e um pintor de sóis na parede. São eles que levam o narrador a perceber os sentimentos da “Gaivota” e nos ajudam a reflectir sobre temas tão controversos como o amor, o desejo, o sentimento de culpa ou o próprio nojo.

Prémio Vergílio Ferreira 2012

Ficha Técnica:

ISBN: 978-989-96658-2-8
Número de páginas: 348
Data de Lançamento: Outubro de 2012

Opinião:

“Diário dos Imperfeitos” é um romance dentro de um romance.  João Morgado consegue criar personagens reais, marcantes, imperfeitas como todo o ser humano é.
A Gaivota não tem reacção, não sabe o que é sentir, está completamente aleanada do mundo real, depois de ter sofrido um acidente de viação que quase lhe tira a vida. Numa tentativa de a resgatar desse mundo de sombras, o personagem principal masculino, escreve um romance, que ela devora e que lhe desperta as suas sensações adormecidas.
Este é o primeiro livro de João Morgado que leio e fiquei rendida à sua subtileza, ao lirismo das suas palavras, sem exageros. O seu domínio da lingua portuguesa é tal que ele consegue brincar com os sons e com o seu significado tornando o livro interessante e de fácil leitura.
Quanto às duas tramas, a principal e a secundária, acabam por ficar de tal forma interligadas que partilham de forma igual a atenção e o interesse do leitor. Queremos saber como é que a Gaivota reage às diversas páginas do romance mas também queremos saber o que vai acontecer às perosnagens do mesmo, à Emilia, à Maria, à Laura, ao Agostinho e ao Santigo.
João Morgado captura a verdadeira essência do ser humano, uma busca interior por todos os seus sentimentos e os conflitos internos com as suas próprias imperfeições.
É um livro de um autor português o qual recebeu o bem merecido Prémio Literário Virgílio Ferreira, que este blog recomenda.
Reacções:

3 comentários:

  1. Deixei-te um selinho em http://visaoperifericaa.blogspot.pt/2013/03/desafio-arco-iris-cores-do-romance.html :D

    ResponderEliminar
  2. Boa Noite *
    O Romance "" Diário dos Imperfeitos "" é um Livro Muito Especial, onde as emoções são rendilhadas profundamente *
    Não resisto a falar-lhe do seu primeiro romance "" Diário dos Infiéis "", um livro ÚNICO *

    ResponderEliminar
  3. «Acender uma luz na tua vida também ilumina a minha …»
    João Morgado *
    In: Diário dos Infiéis



    ResponderEliminar