terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

[Opinião] "Verão em Edenbrooke" de Julianne Donaldson (TopSeller)

0



Sinopse:

Romance e aventura numa história encantadora, ao estilo de Jane Austen. Marianne Daventry seria capaz de tudo para escapar ao tédio de viver em Bath e às investidas amorosas de um pretendente indesejado. Por isso, quando a sua irmã gémea, Cecily, a convida para passar o verão com ela em Edenbrooke, a maravilhosa propriedade rural de uns amigos da família, ela nem hesita em aceitar. Parte assim para a casa de campo, pensando que poderá finalmente relaxar enquanto a irmã tenta conquistar Philip, o encantador herdeiro da propriedade. Mas rapidamente descobre que até os melhores planos podem correr mal. Desde ser vítima de um assalto terrível até ter de ignorar sentimentos indesejados que começa a sentir pelo anfitrião da casa, Marianne vê-se enredada numa grande aventura, repleta de romance e intriga, que a deixará completamente desorientada. Conseguirá Marianne conter o seu coração, ou irá um estranho arrebatá-lo irremediavelmente?
«Uma belíssima história de amor que irá aquecer o coração do leitor.» — Publishers Weekly

Um romance de estreia delicioso e arrebatador.» — Publishers Weekly

Ficha Técnica:

ISBN: 9789898869630
Edição ou reimpressão: 01-2018
Editor: TopSeller
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 228 x 22 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 288
Tipo de Produto: Livro
Classificação Temática: Livros em Português > Literatura > Romance

Opinião:

"Verão em Edenbrooke" é o primeiro romance de Julianne Donaldson que leio. Esta é uma história passa-se na época vitoriana. É uma bela história de amor entre duas pessoas improváveis, Marianne poderá conseguir assegurar a sua independência, mas esta vem com uma condição e esta vê-se arrastada para um percurso interessante.

Marianne é insegura  e pensa que ninguém poderá gostar dela. Quando a sua irmã, que é o seu oposto, a convida para ir passar uma temporada a uma casa de campo, esta aceita sem hesitar, já que sente saudades do ar livre e da abertura que a cidade não dá. Pelo percurso encontra um estranho que a trata gentilmente e a auxilia no seu momento de fraqueza.

Quando, finalmente, chega a Edenbrooke, esta conhece o seu anfitrião e entre ambos nasce uma amizade pouco habitual e que Philip acha revigorante.

Uma série de peripécias e de acontecimentos, fazem com que os dois  se aproximem e que possa nascer algo entre eles.

Um livro que me faz lembrar o "Orgulho e Preconceito" de Jane Austen, mas com um twist mais moderno.


LilianaNovais
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário