segunda-feira, 27 de julho de 2015

[Opinião] "O Filho de Neptuno" de Rick Riordan (Planeta)

1



Sinopse:


Percy está confuso. Ao acordar de um longo sono o rapaz pouco mais sabe que o seu nome, mas consegue chegar a um campo de mestiços que, no entanto, nada lhe diz. A única coisa que recorda do passado é outro nome: Annabeth. Hazel devia estar morta. Na sua vida anterior a jovem não se saiu bem e agora, por causa de um erro cometido então, o futuro do mundo está em risco. Oxalá pudesse fugir no garanhão que lhe aparece em sonhos.
Frank é um trapalhão. A avó diz-lhe que é descendente de heróis, mas ele não acredita. O físico volumoso fá-lo sentir-se um touro, em especial na presença de Hazel, a melhor amiga. O rapaz confia em pleno nela, ao ponto de lhe confiar o segredo que guarda no coração.
Começando no «outro» campo de mestiços e acabando na terra para lá dos deuses, este segundo volume de cortar a respiração dos Heróis do Olimpo apresenta novos deuses, ressuscita monstros terríveis e caracteriza outras criaturas notáveis, destinadas a representar um papel na Profecia dos Sete.

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão:2014
Páginas: 376
Editor: Editorial Planeta

ISBN: 9789896575786

Opinião:

"O filho do Neptuno" é o segundo livro desta colecção. Não cheguei a ler o primeiro mas vi o filme, o que me deu alguma ideia do que estava a acontecer no livro.

Começamos com uma cena de acção intensa em que o protagonista, Percy Jones,  é perseguido  por duas górgonas. Somos então atirados de cabeça  para um momento alucinante cheio de avanços e de pontos altos. Este não se lembra do seu passado e apenas um nome resta do seu passado Annabeth.

Ao longo da evolução da história vamos conhecendo outras personagens que são chave para este romance, estas vão ser essenciais na luta contra Gaia. Pessoalmente, acho um pouco estranho que a Terra seja o vilão, mas pelo ponto de vista mitológico faz todo o sentido.

Neste universo vamos conhecer duas personagens que se vão tornar importantes nesta batalha, Hazel e Frank, dois descendentes dos deuses romanos. Ambos guardam segredos do seu passado e nos vão surpreender com a sua coragem e determinação. Vemos as três personagens a evoluírem e a tomarem as rédeas das suas vidas numa tentativa de pararem uma guerra que parece nunca ter fim.

Um pormenor interessante acerca deste livro é que nos vai demonstrar a ligação entre os deuses gregos e romanos.

Um livro para levamos na mala estas férias, isto para quem vai de férias em breve, ou também para relaxarmos e passar um bom momento.
LilianaNovais
Reacções:

1 comentário:

  1. Olá!
    Está a confundir as coleções. O filme que viu é da primeira coleção, Percy Jackson, enquanto O Filho de Neptuno é o segundo livro da segunda coleção, Os Heróis do Olimpo :).

    ResponderEliminar