quarta-feira, 3 de dezembro de 2014

[Opinião] “A hora das Sombras” de Johan Theorin (Porto Editora)

0


Sinopse:

Numa manhã de Setembro de 1972, na remota ilha de Öland, na Suécia, o pequeno Jens aventura-se na densa névoa, movido pelo desejo de explorar o mundo para além do jardim dos seus avós maternos; não regressaria mais a casa. Depois de vasculhada toda a ilha, a Polícia convence-se de que o menino terá caído ao mar e morrido afogado.

Vinte anos mais tarde, a mãe, Julia, recebe uma chamada inesperada do pai, um reformado mestre de embarcações, a residir ainda em Öland, dizendo-lhe ter recebido nessa mesma manhã uma encomenda anónima com uma das sandálias que Jens calçava naquele dia fatídico.

À luz de novas provas, é forçoso que Julia regresse à ilha para encetar novas investigações. Apesar de contrariada, acaba por aceitar o regresso à terra onde cresceu e, depressa, pai e filha se verão enleados num puzzle que os retém presos ao passado. Pela primeira vez, Julia ouve falar de um personagem mítico de Öland, um tal Nils Kant, que em tempos fora o homem mais temido. Mas há muito que Nils está morto e enterrado. Antes mesmo do desaparecimento de Jens. Não obstante, há gente que afirma tê-lo visto deambular pela charneca ao cair da noite…

A Hora das Sombras marcou a estreia literária de Johan Theorin com um thriller que deixa o mesmo sabor amargo típico da inquietude presente nas obras-primas de Hitchcock.

«Se gostou de Stieg Larsson, tem de experimentar um escritor sueco muito melhor: Johan Theorin.»

The Observer

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 384
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04378-8
Idioma:                Português

Opinião:

O que uma mãe não faria para descobrir o que aconteceu ao seu filho? Esta é a premissa do livro “A Hora dasSombras” de Johan Theorin. Este é o seu romance de estreia e que se tornou um sucesso mundial. O público português já se rendeu aos policiais nórdicos e, assim, este livro vai saciar as curiosidades dos fãs incondicionais deste autor.

Quando temos uma mãe desesperada que há anos procura saber a verdade acerca do paradeiro do seu filho, que desapareceu 20 anos antes. O mistério destruiu a vida de Júlia e esta tenta agora descobrir a verdade com a ajuda do seu pai.

O livro começa com o desaparecimento de Jens, e mostra como as nossas escolhas podem mudar a nossa vida e afectar todos os que nos rodeiam de uma forma inevitável. A evolução da história é lenta mas o interesse do leitor é mantido porque pequenas revelações e pormenores que o autor coloca ao longo da história nos guiam para um suspeito mas deixa sempre em aberto uma questão, um “E se?” que não esperávamos e que poderá alterar tudo.

Joahn Theorin, consegue captar em pormenor e de uma forma profunda, a destruição do interior de uma mulher que perde um filho. A sua necessidade de saber o que aconteceu, de ver tudo esclarecido e que bloqueia as decisões que toma na vida.


Um excelente livro, vibrante e viciante, uma excelente oferta de natal.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário