segunda-feira, 3 de novembro de 2014

[Opinião] “Um Rumor muito Inconveniente” de Emma Wildes (Planeta)

0




Sinopse:

Como irá a alta sociedade reagir quando distintas personagens são apanhadas em sucessivas situações comprometedoras? Será que as jovens senhoras sobrevivem à temporada com a reputação intacta...ou os rumores escandalosos que as cercam as arruínam?

No ton, Lady Angelina DeBrooke não só é conhecida pela sua rara beleza, mas pelos seus casamentos. Com a alcunha Anjo Negro, apaixonou-se pela primeira vez e deseja casar, mas teme ficar viúva pela terceira vez. Com dois maridos envenenados e uma nuvem de suspeita a pairar sobre a cabeça, procura o único homem em Inglaterra que poderá ajudá-la...

Benjamin Wallace, Lorde Heathton, não está interessado em fazer de novo o papel de detective, mas quando Lady DeBrooke o aborda para uma missão que envolve limpar-lhe o nome, considera o desafio irresistível. O segundo marido era um velho amigo e, quando começa a investigar, sente o odor de um inimigo que já perseguiu e sabe que esta é a oportunidade de finalmente prender a esquiva personagem...

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2014
Páginas: 287
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896575335

Opinião:

“Um Rumor muito Inconveniente” é o primeiro livro que leio de Emma Wildes e devo dizer que achei interessante e gostei da forma desta escritora escrever.

O romance histórico com o seu toque de erotismo tem ganho adeptos e crescido nos últimos anos. Estas histórias passam-se geralmente no período vitoriano e estão cheias de glamour e de sensualidade. Este é o segundo livro da série “Whisper of Scandal”, isto limitou um pouco o meu conhecimento de algumas personagens e dos seus antecedentes mas isso não me impediu de compreender e conseguir seguir a história.

A personagem central deste volume é o Anjo Negro, a Lady Angelina DeBrookde, possuidora de uma beleza invejável, esta torna-se o centro de uma trama complicada quando vê dois dos seus maridos morrerem de forma questionável, finalmente apaixonada pelo homem da sua vida esta teme que ele também perca a vida para um assassino esquivo e desconhecido. Por esse motivo ela pede ajuda ao Lorde Heathton, o qual vê esta situação como um desafio pessoal, nunca antevendo o perigo em que se está a colocar, assim como a sua esposa.

Os rumores, na sociedade vitoriana, podiam destruir reputações e afastar assim da boa sociedade uma pessoa mesmo que estes não fossem verdadeiros, uma mancha perseguiria essa pessoa e ninguém se relacionaria com esta. É nesta situação que Angelina se encontra no início da história.

Emma Wildes cria uma trama empolgante que nos deixa agarrados desde o inico ao fim, queremos deslindar o mistério que envolve o Anjo negro e sofremos com a sua desventura e o seu afastamento de uma sociedade que, um dia, a idolatrizou e tornou uma das mulheres mais desejadas da alta sociedade.

Quando li este romance admito que tive as minhas suspeitas e pessoas que suspeitei que seriam as responsáveis, mas a verdade é que não compreendia como é que os crimes estavam a ser perpetrados. Uma explicação surpreendente e interessante da autora que nos deixa uma porta aberta para a continuação do romance. 

A linguagem que a autora apresenta está adaptada à era em que a história se insere, assim como a indumentária e as relações interpessoais. 

Este romance deixa-nos cheios de curiosidade de continuar a ler o resto da história e saber o que se segue.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário