quinta-feira, 6 de novembro de 2014

Novidades Marcador

0

NOVO LIVRO DE NELSON DEMILLE«DEMILLE É O MESTRE DO THRILLER INTELIGENTE»
DAN BROWN
Ferido no cumprimento do dever, o detetive de homicídiosJohn Corey, da Polícia de Nova Iorque, está a convalescer naregião leste de Long Island quando um casal jovem e atraenteé encontrado assassinado a tiro no terraço da casa ondehabitava. As vítimas eram biólogas na Ilha de Plum Island, umlocal de pesquisas que os rumores dizem ser uma incubadorade armas biológicas. Subitamente o duplo assassinato adquireterríveis implicações globais – e lança Corey e duas mulheresextraordinárias numa investigação perigosa aos segredos maisprofundos da Ilha.
«MILHÕES DE LEITORES NÃO PODEM ESTAR ERRADOS!»The New York Times
O Autor
NELSON DeMILLE nasceu em Nova Iorque em 1943. Construiu uma carreira literária marcada por enormes sucessos mundiais. Todos os seus livros chegaram ao primeiro lugar do The New York Times e da Publishers Weekly, tendo totalizado, em conjunto, 380 semanas na lista dos mais vendidos.
É um dos três escritores que mais vendem em todo o mundo, com mais de 100 milhões de livros vendidos. Os seus romances têm sido amplamente aclamados pelo público e pela crítica.
Na Marcador publicou os livros Quando a Noite Cai, O Jogo do Leão, O Leão e o Jogo do Leopardo

Os Grandes Ditadores da História
Sinopse: Os Grandes Ditadores da História apresenta ao público uma visão muito abrangente das ideias, das vidas, e dos atos desses homens que influenciaram enormemente os seus países e o mundo. Os ditadores, com personalidades invulgares e especiais, mais ou menos convictos das suas ideias, com menor ou maior empatia com o seu povo, subiram ao poder, em geral, graças a enormes doses de astúcia, de força de vontade e de outros talentos formidáveis, infelizmente combinados com a falta de escrúpulos e de compaixão.
Este livro abrange diversos séculos da História da Humanidade, mas nele se destaca o século XX, que não trouxe somente a proliferação da democracia e a sacralização da defesa dos direitos humanos e cívicos: foi também o século de várias das piores tiranias da História.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário