terça-feira, 21 de janeiro de 2014

[Opinião] "Divina por Escolha" de P. C. Cast (Saída de Emergência)

0


Sinopse:  

Autora bestseller da série da Casa da Noite regressa com uma nova série fascinante   
Shannon Parker aceitou finalmente a sua vida no mítico mundo de Partholon. As suas responsabilidades divinas são muitas, mas ela ama o seu marido centauro, a sua ligação à deusa Eponina e os pequenos prazeres que a vida lhe dá. Já quase esqueceu a antiga vida na Terra – especialmente ao descobrir que está grávida. Mas uma súbita explosão de poder envia-a de volta para Oklahoma. Sem magia, Shannon não consegue regressar a Partholon – e procura desesperadamente ajuda. Os problemas começam quando essa ajuda surge na forma de um homem tão tentador quanto o seu marido. E só pioram quando descobre que o demónio Nuada também se encontra no seu mundo e ameaça a vida dos seus amigos e familiares. Shannon terá que descobrir uma forma de travar as forças maléficas que a impedem de regressar ao mundo que ama. Afinal ser divina por engano era bem mais fácil do que ser divina por escolha… 

Ficha Técnica: 

Chancela: Saida de Emergência 
Saga/Série: Série Divina  Nº: 2 
Data 1ª Edição: 24/01/2014 
ISBN: 9789896376185 
Nº de Páginas: 304 
Dimensões: [160x230]mm 
Encadernação: Capa Mole 

Opinião 

Este é o segundo Volume da Série Divina, o primeiro volume já foi criticado aqui no Blog anteriormente. 
Neste Volume, Shannon regressa ao seu mundo de origem, aí vai conhecer o duplo do seu marido. Ao contrário do primeiro, neste volume ela não tem o apoio dos seus amigos Patholon, mas não se encontra desamparada, conhece o duplo do seu marido. 

Abandonamos o mundo da magia para apenas encontrá-la no nosso mundo, onde permanece escondida dos seres humanos e apenas alguns dos humanos é que conseguem aceder a outro plano de existência. 

A autora continua a dar um tom cómico à sua escrita e não consegui evitar de me rir por momentos dos eventos e das personagens. Shannon deixa de estar sempre a beber, muda o seu comportamento devido a estar grávida.   Finalmente vamos conhecer Rhianon e acabei por achá-la mimada e também um pouco deslocada. Eponina conta-nos a história desta e como é que ela se tornou tão cruel. Consegue mesmo fazer com que sintamos pena dela. 

Esta história está mais interessante que a anterior e mais evoluída, é bem patente a evolução da autora enquanto escritora e o amadurecer das personagens que ela criou. 

Fiquei curiosa para saber como seria a continuação da história. 

Uma saga que se está a revelar uma surpresa positiva.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário