sexta-feira, 3 de janeiro de 2014

[Opinião] “A Breve Segunda Vida de Bree Tanner” de Stephenie Meyer (1001 Mundos – Edições Asa)

0


Sinopse:

Ao contrário dos outros romances da série, narrados segundo a perspectiva de Bella, a "eterna" namorada do jovem vampiro Edward Cullen, A Breve Segunda Vida de Bree Tanner dá-nos uma outra visão da história, agora através da vampira recém-nascida Bree Tanner, que em Eclipse morre dez páginas após aparecer. A autora confessa que o novo livro foi uma surpresa mesmo para ela. "Acabou por ser uma surpresa para toda a gente, porque eu nem sequer pretendia publicar esta história como um livro isolado. Comecei a escrevê-lo há já muito tempo, ainda antes do lançamento do filme do Crepúsculo. Nessa altura, Eclipse estava em fase de revisão e eu encontrava-me atolada, bem no cerne do meu mundo vampírico. Andava às voltas com o tema dos vampiros recém-nascidos, contemplando o seu ponto de vista, e uma coisa levou à outra. Comecei a escrever na perspectiva de Bree, da sua visão sobre aqueles últimos dias e de como se sentiria ela na sua recente condição."

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 160
Editor: Edições Gailivro
ISBN: 9789895577545
Coleção: 1001 Mundos

Opinião:

Esta novela pertence à saga “Crepúsculo” da Stephanie Meyer. Neste volume fugimos um pouco ao Universo dos Cullene da Bella e entramos num mundo um pouco diferente. Bree Tanner aparece apenas por breves momentos na saga, mas acaba por nos sensibilizar com esta vampira recém-nascida que Vitória utiliza para se vingar de Edward.

Quando lemos a saga apenas conhecemos os eventos da perspectiva da Bella, o que limita a nossa percepção da realidade dos eventos, principalmente dos que acontecem na comunidade de recém-nascidos que cresce longe deles, e que os preocupa.

Bree vive de acordo com os preconceitos pré-existentes da literatura acerca dos vampiros, como o facto de não poderem andar durante o dia porque senão pegam fogo entre outras coisas.

Bree é jovem e está bastante confusa com a sua própria condição de vampiro. Não tem qualquer tipo de orientação nem ajuda para se mover o mundo e aprender a ser vampiro, é bastante interessante fazer a comparação entre o clã Cullen e o grupo que Bree faz parte e faz parte.


A evolução bastante acelerada e permite ao leitor uma leitura fácil e a um ritmo rápido. É uma novela interessante no Universo em que se insere.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário