quarta-feira, 25 de dezembro de 2013

[Opinião] “Acasos do Amor” de Juliette Fay (Quinta- Essência)

0


Sinopse:

A recém-divorciada Dana Stellgarten sempre foi delicada - até mesmo para com os operadores de telemarketing - mas agora está a esgotar-se-lhe a paciência. O dinheiro começa a faltar, os filhos ressentem-se da partida do pai e a sua sobrinha, uma adolescente gótica, acabou de lhe aparecer à porta. Quando Dana entra no turbilhão de um romance pós-divórcio e a abelha-mestra da cidade se torna sua amiga, descobre que a tensão entre manter-se fiel a si própria e gostarem dela não acaba na fase do ensino básico... e que, por vezes, precisamos de um verdadeiro amigo para nos ajudar a acolher a maturidade com toda a sua complexidade cheia de falhas.

Ficha Técnica:

Ano da Edição: 2013
Número Páginas: 480
ISBN: 9789897260896
Editora: Quinta-essência

Opinião:

Ultimamente tenho-me debruçado mais sobre a fantasia, este livro foi uma boa quebra nessa rotina.

Esta história é realista e podia acontecer a qualquer um de nós. Isto torna-a deveras interessante.

Acompanhamos os passos de Dana, enquanto ela luta pra reconstruir a sua vida após um divórcio um pouco sofrido. Ela é uma alma generosa e sempre pronta a tentar ajudar os outros, mas também comete os seus erros ao longo da história tal como todos nós. Mesmo quando o leitor pensa que não está a fazer as escolhas certas e que teríamos escolhido outros caminhos que nos parecem mais lógicos. Ainda vive em guerra com o seu ex-marido que virou a vida dela de cabeça para baixo e destruiu todas as ilusões e tem de depender dele quando se trata de educar os filhos e os dois não podiam ter ideias mais díspares. Depois surge à sua porta a sobrinha que se zangou com a mãe e que ela decide ajudar. O feitio desta personagem é de se autossacrificar por todos. Mas ela não está só, tem o apoio de um amigo que passamos a adorar ao longo da evolução da história, o homem que tem a atitude perfeita quando é necessário, o Tony.

As personagens são realistas tal como a história. E a autora aborda temas que são bastante actuais e que afectam todas muitas famílias ao longo do mundo. Vamos acompanhar de uma forma muito próxima todas as decisões e os efeitos que as noticias têm em cada uma das personagens. O final do livro é bastante emotivo e original.


É uma leitura leve e rápida que nos leva a imaginar como seria o nosso mundo se algumas das nossas decisões fossem ligeiramente diferentes e no que faríamos caso estivéssemos na pele da personagem principal.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário