segunda-feira, 7 de outubro de 2013

[Opinião] “A Travessia” de WM. Paul Young (Porto Editora)

1


Sinopse:

Anthony Spencer é um empresário de sucesso, um homem orgulhoso e egocêntrico que não olha a meios para conseguir os seus objetivos. Um dia, o destino prega-lhe uma partida: um AVC deixa-o nos cuidados intensivos, em estado de coma.

Entre a vida e a morte, Anthony vê-se num mundo que espelha a dor e a tristeza que tem dentro de si. Confuso, sem compreender exatamente onde está e como foi ali parar, viaja pela sua consciência para compreender quem realmente é e descobrir tudo o que tem perdido ao longo da vida: a esperança, a amizade genuína e o amor verdadeiro, sentimentos que há muito o seu coração deixara de sentir.
Em busca de uma segunda oportunidade, Anthony fará uma jornada de redenção e encontro com o seu verdadeiro ser.

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 304
Editor: Porto Editora
ISBN: 978-972-0-04235-4
Idioma:                Português

Opinião:

A vida depois da morte e o que acontece quando uma pessoa encontra-se em coma é um tema bastante comum na literatura. Em “A Travessia” conhecemos uma abordagem mais espiritual deste tema e com um realismo muito interessante, quer nas personagens quer nas situações criadas.

Tony atravessa o seu próprio purgatório e tem de aprender com os erros do seu passado e redimir-se antes que o seu corpo sucumba aos danos do AVC que teve e faleça. Esta personagem parte enquanto alma ou espírito numa viagem de auto-descoberta e de descoberta do mundo que o rodeia. Tem de aprender a libertar-se do seu egoísmo e tornar-se numa pessoa melhor nos derradeiros momentos.

Adorei a simplicidade com que o autor escreve e descreve as situações e os conflitos internos de cada personagem e a forma como trata cada assunto com destreza e de forma directa. Cada ideia que tem defende rapidamente e com uma justificação que é válida e credível dentro do Universo que criou.

Este livro podia ser triste e demasiado introspectivo, mas Wm. Paul Young consegue quebrar esta tendência com momentos de humor.

Este é um livro que nos provoca sensações intensas desde momentos de alegria até momentos que nos deixam comovidos. O seu final em aberto deixa-nos a reflectir acerca da vida e das nossas escolhas e também nos deixa a pensar se a história irá ter continuação.


Um excelente livro que se lê facilmente.
Reacções:

1 comentário:

  1. Olá,

    Deve ser um livro interessante, da crueldade conseguir-se tem um prespetiva comovente e não ficarmos tristes :)

    Bjs

    ResponderEliminar