sexta-feira, 3 de maio de 2013

Galo Gordo, de Olhão a Lisboa

0



O projeto Galo Gordo, de Inês Pupo e Gonçalo Pratas, inicia uma série de espetáculos até ao fim do ano. O primeiro é a sul, no dia 11 de maio.
Com “Galo Gordo – Este dia vale a pena”, Inês Pupo e Gonçalo Pratas apresentam canções que falam da importância das primeiras experiências, das coisas que se guardam pela vida fora, como aprender a andar de bicicleta, saber guardar um segredo, escrever a primeira carta… Dos dias que valem a pena, que afinal são todos!
Aqui ficam, para anotar na agenda, os dias que valem a pena, para ver e ouvir o Galo Gordo ao vivo. E comprar o livro, com ilustrações de Cristina Sampaio.
11 de Maio – Auditório Municipal de Olhão
17 de Maio – Auditório Municipal do Cartaxo
18 de Maio – Festival I – Águeda
1 de Junho – Feira do Livro (Mini concerto – Sessão de 
autógrafos, espaço Grupo Porto Editora)
25 de Outubro – Torres Novas
27 de Outubro – Aveiro
30 de Novembro – Torres Vedras
7 de Dezembro – Portalegre
14 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar
15 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar
21 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar
22 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar
28 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar 
29 de Dezembro (16h) – Temporada de Natal numa sala em 
Lisboa e no Porto a anunciar e a confirmar

Às 15h30, no Pequeno Auditório, o espetáculo é a partir de Este dia vale a pena, o livro e cd, publicados pela Bertrand Editora em setembro de 2012 que têm encantado miúdos e graúdos por todo o país



.Autores
Inês Pupo nasceu em Lisboa. É escritora, psicóloga e psicoterapeuta. Tem trabalhado na área da tradução, da literatura infantil e juvenil e da promoção da Leitura, dando formação a pais, professores, educadores e técnicos de bibliotecas, desde 2006. Autora dos poemas dos projetos para crianças do jornal Expresso (2005 a 2011); autora dos poemas da coleção Nomes com História (2007 a 2008); autora do livro CD Canta o Galo Gordo, com música de Gonçalo Pratas e ilustrações de Cristina Sampaio (Editorial Caminho, 2008); co-autora do livro CD Buscapólos - Música para poemas de José Jorge Letria (Publicações Dom Quixote, 2010); co-autora do livro Histórias com Direitos (Instituto de Apoio à Criança e Plátano Editora,
2010); co-autora da coleção Na Cozinha das Canções, com músicas de Gonçalo Pratas, receitas do chef Luís Baena e ilustrações de Ricardo Machado (Book-it|Constróisons, 2011); autora do livro CD A Casa Sincronizada, com música de Gonçalo Pratas e ilustrações de Pedro Brito (Editorial Caminho, 2011),
distinguido em 2012 com o Prémio de Melhor Livro de Literatura Infanto-Juvenil da Sociedade Portuguesa de Autores/RTP. Os seus livros têm sido recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

Gonçalo Pratas nasceu em Aveiras de Cima. É músico. Frequentou o curso de Áudio da Orquestra Metropolitana de Lisboa. Desenvolveu projetos de ensino: Centro Helen Keller, Gabinete de Reconversão do Casal Ventoso, EPOAE – Chapitô, Jardim Infantil Pestalozzi. Como compositor para teatro e cinema
trabalhou com José Carretas, Manuel Mendes - Companhia Teatral do Chiado, José Carlos Garcia - Chapitô, A.S. Produções (Ao fundo do túnel, João Pupo, 2006). Autor, diretor e produtor musical dos projetos para crianças do jornal Expresso (2005 a 2011); autor do livro CD Canta o Galo Gordo, com poemas de Inês Pupo e ilustrações de Cristina Sampaio (Editorial Caminho, 2008); coautor, diretor e produtor musical do livro CD Buscapólos – Música para poemas de José Jorge Letria (Publicações Dom
Quixote, 2010); autor da coleção Na Cozinha das Canções, com poemas de Inês Pupo, receitas do chef Luís Baena e ilustrações de Ricardo Machado (Book-it|Constróisons, 2011); autor do livro CD A Casa Sincronizada, com poema de Inês Pupo e ilustrações de Pedro Brito (Editorial Caminho, 2011), distinguido em 2012 com o Prémio de Melhor Livro de Literatura Infanto-Juvenil, da Sociedade Portuguesa de Autores/RTP. Os seus livros têm sido recomendados pelo Plano Nacional de Leitura.

Cristina Sampaio nasceu em Lisboa. Licenciou-se em 1985 em pintura pela Escola Superior de Belas Artes de Lisboa. Ilustra livros infantis desde 1987 e trabalha desde 1986 como ilustradora e cartoonista para diversas revistas e jornais em Portugal e no estrangeiro. Tem igualmente trabalhado em multimédia e
animação. O seu trabalho foi apresentado em várias exposições coletivas e individuais, em Portugal, Brasil, Alemanha, França,República Checa, Grécia, Noruega e Canadá. Entre outros prémios foi-lhe atribuído em 2002, 2005 e 2009 o Award of Exellence da Society of News Design (EUA) e em 2009 a Medalha
de Prata da SND espanhola. Em 2006 e 2010 recebeu o Prémio Stuart de Desenho de Imprensa na categoria de Cartoon. Em 2007 foi laureada com o 1o Prémio na categoria de cartoon editorial do
World Press Cartoon, que em 2009 a voltou a distinguir, desta vez com uma menção honrosa. Entre os seus clientes, passados e presentes, incluem-se: Público, Independente, Expresso, Editorial Caminho, Museu Ciência Viva, RTP-Canal 2, SIC Notícias, CTT, em Portugal; Courrier International, em França; Kleine Zeitung e Die Presse, na Áustria; Today’s Parent, no Canadá; The Washington Post, Boston Globe, Wall Street Journal, The New York Times e Cambridge University Press, nos EUA.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário