quinta-feira, 7 de março de 2013

[Opinião] “Há dias cinzentos” de Rui Beato

0



Sinopse:
Um dia alguém me disse que a vida não é uma linha reta nem tão pouco um círculo perfeito. Mas pode ser uma sucessão de inúmeros segmentos de reta, que de forma descontinuada mas ligada, se transformam num círculo quando vistos de longe.
“Há dias cinzentos” é uma pequena história que fala da imprevisibilidade da vida. Que as ações podem ter um retorno e que as vivências são tão díspares quanto enriquecedoras.
Quando um guarda-chuva vermelho ganha vida entre o cinzento, então algo imprevisível mas bonito pode acontecer. Vermelho do guarda-chuva, vermelho da cor do amor…
Ficha Técnica:
Autor: Rui Beato
Coleção: Infanto-juvenil
ISBN: 978-989-736-021-3
Depósito Legal: 355061/13
Opinião:
Este livro já vai na segunda edição e com um bom motivo para tal, o papel no qual foi impresso tem excelente qualidade. Quanto à história em si, acompanhamos a “Vida” de um chapéu-de-chuva, a qual é uma aventura devido aos acasos do destino. É surpreendente a forma como foi escrito e a facilidade com que uma criança entende o significado do conto.
As ilustrações foram elaboradas por David Silva, um estudante de 19 anos, o qual teve uma ideia original, todo desenho está em tons de cinzento, à excepção do chapéu-de-chuva vermelho, o que vai de encontro com o título do livro. A imagem final é linda e dá um final feliz ao chapéu-de-chuva.
Um livro que me surpreendeu e que se entende porque é que vai na sua segunda edição.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário