quarta-feira, 4 de outubro de 2017

[Opinião] "Os Passageiros do Tempo" de Alexandra Bracken (Marcador)

0




Sinopse:


Numa noite devastadora, em Nova Iorque, Etta Spencer, uma violinista prodígio, perde tudo o que conhece e ama. Enganada por uma mulher estranha e misteriosa, Etta vê-se subitamente a viajar, não apenas milhares de quilómetros, mas centenas de anos, descobrindo assim um dom herdado de uma família que ela nem sequer conhecia.
Nicholas Carter, ex-escravo, está feliz com a sua vida no mar, a bordo de um navio pirata, após se livrar da poderosa família Ironwood, nas colónias inglesas da América do Norte. Mas, com a chegada de uma passageira invulgar ao seu navio, o passado volta a agarrá-lo e Nicholas vê-se de novo nas garras da família que o subjugou.

Juntos, Etta, uma miúda nova-iorquina do século XXI, e Nicholas, um marinheiro negro do século XVIII, embarcam numa viagem perigosa através dos séculos e de vários continentes, da Revolução Americana à Segunda Guerra Mundial, das Caraíbas a Paris, seguindo e interpretando pistas deixadas por um viajante do tempo que fez tudo para esconder dos poderosos Ironwood o objeto misterioso.

Ficha Técnica:

ISBN: 9789897543166
Edição ou reimpressão: 06-2017
Editor: Marcador
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 232 x 27 mm 
Encadernação: Capa mole 
Páginas: 392
Tipo de Produto: Livro 
Coleção: Marcador Literatura 
Classificação Temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil

Livros em Português > Literatura > Romance

Opinião:

"Os Passageiros do Tempo" de Alexandra Bracken inicia uma nova série de livros que tem tudo para cativar os leitores. O único erro que encontrei no livro foi logo no início quando o ano é apresentado como 1910 e depois ao longo do texto fala que este é o século XIX. Isto é uma gralha que acaba por saltar à vista do leitor.

A autora começa por nos apresentar Nicholas, uma das duas personagens principais. O que me fascinou nesta personagen é este ser um homem sem época, apesar de ter sido criado num período específico da história americana, ele acaba por se adaptar relativamente bem a cada uma das situações. É bem patente que já tem experiência nestas situações

Etta por seu lado, acaba por cair num mundo que não conhece e tem que lidar com as situações que lhe aparecem improvisando um pouco conforme a acção se desenrola. Mas, acaba por revelar a sua tenacidade e se demonstrar uma mulher forte e decidida.

O que mais me agradou deste livro, foi a possibilidade que a autora nos deu de viajar a variadas épocas e locais remotos, onde acabamos por conhecer pormenores interessantes. Se bem que estas visitas são curtas e acabamos por passar rapidamente por esses locais.

Em resumo, este livro parece-me equilibrado, deixando curiosidade para um novo volume.
LilianaNovais
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário