quinta-feira, 25 de setembro de 2014

[Opinião] “A Cidade de Vidro” de Cassandra Clare (Planeta Editora)

0


Sinopse:

Para salvar a vida da mãe, Clary tem de ir à Cidade de Vidro, o lar ancestral dos Caçadores de Sombras - não a incomoda que a entrada nesta cidade sem autorização seja contra a Lei e que violá-la possa significar a morte. Piorando mais a situação, ela vem a saber que Jace não a quer lá e que Simon foi encarcerado na prisão pelos Caçadores de Sombras que suspeitam de um vampiro que tolera a luz do Sol. Ao tentar descobrir mais pormenores sobre o passado da sua família, Clary encontra um aliado no misterioso Sebastian. Com Valentine a reunir toda a força do seu poder para destruir de uma vez por todas os Caçadores de Sombras, a única possibilidade de estes o derrotarem é combater ao lado dos seus eternos inimigos. Mas podem os Habitantes do Mundo-à-Parte e os Caçadores de Sombras pôr de lado o seu ódio mútuo e aliarem-se? Embora Jace compreenda que está pronto a arriscar tudo por Clary, poderá ela utilizar os seus poderes recentes para ajudar a socorrer a Cidade de Vidro - custe o que custar? O amor é um pecado mortal e os segredos do passado provam ser letais quando Clary e Jace enfrentam Valentine no último volume da trilogia Os Instrumentos Mortais - obra que figura na lista de sucessos literários do New York Times.Caçadores de Sombras é o título da trilogia que começa com A Cidade dos Ossos, com uma fantasia urbana povoada por vampiros, demónios, lobisomens, fadas, e que é um autêntico romance de acção explosiva.

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2010
Páginas: 408
Editor: Editorial Planeta
ISBN: 9789896570903

Opinião:


Este é o terceiro Livro da série Os Instrumentos Mortais de Cassandra Clare. Eu tornei-me fã desta autora depois de ter visto o primeiro filme e lido o primeiro volume. Fiquei agarrada nas personagens e nos eventos que se precipitam de forma imprevisível.

No volume anterior deixamos Clary com a esperança de que vai conseguir acordar a mãe e obter assim as respostas que procura. "A cidade de vidro" traz-nos novidades e acontecimentos que  nos surpreendem e que nos vão deixar de boca aberta.

Há muitas surpresas a aguardarem os leitores neste livro e reviravoltas interessantes que vão surpreender e também satisfazer-nos. Quanto mais a história avança ficamos mais agarrados Às personagens e ao que vai acontecendo.

A saída do mundo mundi e a entrada num universo à parte do nosso onde a tecnologia é banida e não faz parte do dia a dia. Neste mundo a autora tem mais liberdade criativa e consegue dar largas à sua imaginação e nos envolver num mundo mágico e exótico. Os locais que ela nos apresenta são um misto de luz e de escuridão, tal como ela já nos habituou.

Neste romance, vemos de uma forma mais profunda a separação entre Jace e Clary e a forma como ela a tenta proteger, assumindo em pleno o papel de irmão mais velho lutando contra os seus sentimentos que são contra natura. É triste ver como eles se sentem infelizes e como as coisas vão evoluindo, começamos mesmo a desejar por um milagre que tarda em acontecer.

O final deixa-nos cheios de curiosidade pelo próximo volume.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário