quinta-feira, 17 de julho de 2014

[Opinião] "Quem ama, Acredita" de Nicholas Sparks (Edições Asa)

0



Sinopse:

Jeremy Marsh vive em Manhattan, onde a sua reputação como jornalista científico é irrepreensível. Cético por natureza, deleita-se a desmascarar falsos médiuns, cultos religiosos fraudulentos e terapias duvidosas. No dia em que chega a Boone Creek, uma pequena e pitoresca cidade na Carolina do Norte, Jeremy está seguro de que o mistério das fantasmagóricas luzes no cemitério local tem uma explicação racional.
Lexie Darnell adora Boone Creek, onde trabalha como bibliotecária. Disposta a dar a conhecer a magia da cidade, ela acompanha Jeremy nas suas investigações. Lexie e Jeremy não podiam ser mais diferentes e, contudo, os sentimentos que os unem são intensos e verdadeiros.
Jeremy sabe que a sua estadia em Boone Creek tem um prazo, findo o qual regressará à sua amada Nova Iorque. Por seu lado, Lexie sente que nunca será feliz numa cidade grande. O futuro da relação é impossível. A não ser que a realidade prove não ser tão racional assim…


Ficha Técnica:

Ano da Edição / Impressão / 2014
Número Páginas / 336
ISBN / 9789892327341
Editora / ASA

Opinião:

Nicholas Sparks é um autor que se tornou mundialmente famoso pelos seus romances que nos fazem lembrar contos de fadas. É uma fórmula que ele usa, em que as duas personagens partem de um passado conturbado e que acabam por se envolver e alguma forma. O final por vezes é feliz outras vezes nem por isso. O que acontece aos leitores assíduos deste autor é que acabam por conseguir adivinhar o que vai acontecer de seguida, o que pode ser considerado um ponto negativo.

Um fenómeno sobrenatural acaba por unir as personagens e a pequena terra acaba por ser retratada como unida e que se apoia mutuamente. 

Não foi o melhor livro que li deste autor, e portanto deixou-me um pouco desiludida, enquanto leitora gosto de ver a evolução positiva do mesmo e não uma paragem.

Foi um livro que me deixou com a sensação que podia ser algo mais.


Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário