terça-feira, 18 de março de 2014

Novidade Vogais

0



Os dados estatísticos dizem que o número de divórcios em portugal estagnou em 2012, fruto, não só da nova conjuntura económica, mas também pela maior informalidade das relações. A média encontra-se, segundo os últimos dados estatísticos, em 15,7 anos.

Os primeiros divorciados registados nos censos em Portugal são de 1911: eram 2685. Um século depois, são mais de 600 mil. Mas muitos são os casais que, hoje em dia, recorrem a terapeutas para tentar perceber e ultrapassar problemas matrimoniais.

Mas, o primeiro passo pode passar por pegar num livro, como A Equação do Casamento escrito pelo reputado psicanalista brasileiro Luiz Hanns, e tentar  identificar as forças e vulnerabilidades da relação e aprender a solucionar os problemas, ajustando os desejos e as necessidades de cada um.

 «Não percebemos ainda quão complexo é o atual projeto de felicidade no casamento. Não fomos preparados para ele. Ainda pensamos que o amor resolve tudo ou que, com bom senso, equacionaremos as coisas. Contudo, as estatísticas mostram que a maioria não consegue fazê-lo. O número crescente de divórcios, o incremento das queixas, a insatisfação matrimonial e a dificuldade dos solteiros em achar um companheiro são testemunhos da árdua tarefa de ajustar tantas expectativas.

Testada e consolidada nos últimos quatro anos pelo reputado psicanalista Luiz Hanns, em consultas, cursos práticos e workshops, a Equação do Casamento é um método universal, simples e eficaz que permite reconhecer rapidamente os padrões e ciclos dos relacionamentos duradouros, bem como identificar as convergências e divergências no casal — e poderá ajudá--lo a melhorar ou salvar o seu casamento.
A equação recorre às seis dimensões cruciais para que o casal continue a sua vida em comum e tenha satisfação em fazê-lo:


  1. Compatibilidade psicológica;
  2. Saber conviver a dois;
  3. Graus de consenso;
  4. Atração e vida sexual;
  5. Ciclos de vida, pressões e frustrações externas;
  6.  Vantagens de permanecer casado ou numa relação duradoura. 


Seguindo os conselhos de Luiz Hanns, poderá criar a equação do seu casamento e identificar as forças e vulnerabilidades da sua relação, discutir o que pode (ou não) ser mudado e aprender a solucionar os problemas, ajustando os desejos e as necessidades de cada um. Saiba como:

Recuperar um casamento em crise * Conviver com um parceiro difícil * Melhorar uma relação sem afinidades e encanto * Reconhecer as suas necessidades e as do seu parceiro * Desenvolver a sintonia sexual com o seu parceiro * Lidar com um caso extraconjugal
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário