quinta-feira, 27 de dezembro de 2012

[Opinião] “O Monte dos Vendavais” de Emily Brontë (Civilização Editora)

2


Sinopse:

Mr. Lockwood aluga uma casa no Yorkshire para uma calma temporada no campo. Contudo, certa noite, ao ver-se forçado a pernoitar na obscura mansão de Wuthering Heights à conta de uma forte tempestade, irá descobrir e quase reviver os tormentosos acontecimentos aí ocorridos anos antes, e que perduram no tempo como uma terrível maldição.
O Monte dos Vendavais centra-se na relação intensa entre Heathcliff, um jovem cigano adotado, e Catherine Earnshaw, a filha do próspero patriarca que acolhe Heathcliff no seio da sua família, e explora magistralmente as consequências trágicas da escolha que Catherine teve obrigatoriamente de fazer entre o amor de Heathcliff e as obrigações sociais a que estava sujeita por condição e nascimento. Esta é uma história de amor intenso e trágico que o tempo há muito consagrou.

Ficha técnica:

ISBN: 9789722635912
Páginas : 312 páginas
Capa dura

Opinião:
Neste livro acompanhamos o amor impossível de Heathcliff e de Catherine. Sabemos que estes nunca terão a oportunidade de serem felizes. É uma história condenada ao fracasso desde as primeiras páginas, sofremos os desamores das personagem e as escolhas que ambos fazem que os afastam um do outro.
Ambas as personagens são pessoas más e egoístas, as quais recorrem a todo o tipo de artimanhas para fazerem o outro sofrer. As personagens foram escritas há muito tempo atrás, mais precisamente no século XVIII, e apesar disto continuam tão reais como o eram naquela altura. O sentimento de possessão sobre outra pessoa ainda existe actualmente e a obsessão leva a comportamentos extremos. As personagens secundárias que Emily criou são igualmente ricas, alguns são loucos, outros rústicos, mas todos igualmente apaixonados e fortemente fiéis às suas convicções.
Um livro pesado e lúgubre. Repleto de emoções e de pontos altos.
A história é contada pela ama da Catherine, Nelly, a qual relembra todos os pormenores e o desenrolar dos acontecimentos. Emily Brontë escreveu um romance negro, que tem situações que nos arrepiam. As suas descrições transmitem todos os sentimentos que as personagens sentem em cada momento. Um excelente livro de uma das famosas irmãs Brontë.
Quanto a esta edição, adorei a capa dura. Admito que sou maluca por livros assim. São mais duradouros e quando lemos dão-me outra sensação. Temos no início um resumo da vida de Emily Brontë e das suas irmãs e uma pequena análise da obra, que é uma ajuda para nos situarmos na época em que esta foi escrita.
Este é um dos livros da nova coleção que a Editora Civilização lançou, a baixos preços temos acesso a alguns dos clássicos da literatura mundial. As capas são lindas como se pode ver na imagem seguinte. Espero que gostem tanto como eu deste livro.



Reacções:

2 comentários:

  1. Amei...só me aguças-te mais o "apetite" em ler!
    jocas
    *V*

    ResponderEliminar
  2. Li e adorei.

    Já ando a namorar o Orgulho e Preconceito desta colecção. Talvez a minha próxima aquisição ;)

    ResponderEliminar