quarta-feira, 29 de maio de 2013

[Opinião]“A hora secreta” de Scott Westerfeld (Topseller)

0


Sinopse:

Coisas estranhas acontecem à meia-noite. Ninguém se mexe. O tempo para. Durante uma hora a cidade de Bixby pertence às criaturas das trevas.

Jessica Day chega a Bixby contrariada por deixar Chicago para trás, e as primeiras impressões não são positivas. A pequena cidade é muito quente, a água tem um sabor estranho, e Jessica não demorará a descobrir que este não é o único aspeto peculiar de Bixby.

Logo na primeira noite ela desperta de um sonho esquisito, que lhe revela que é a única pessoa que existe e que o mundo está suspenso no tempo. Rapidamente se aperceberá de que não se trata apenas de um sonho, e nesse momento o seu mundo muda para sempre. Jessica descobre um restrito grupo de jovens, chamado Midnighters, que consegue mover-se livremente numa hora da noite que não existe para mais ninguém: a 25.ª hora. Durante anos, os Midnighters e as criaturas das trevas partilharam esta hora tentando evitar-se mutuamente. Mas tudo isso muda com a entrada em jogo de Jessica e dos seus poderes secretos.

Ficha Técnica:

Edição/reimpressão: 2013
Páginas: 230
Editor: TopSeller
ISBN: 9789898626110
Coleção: Midnighters

Opinião:

Este é o primeiro volume da saga “Midnighters”. Acompanhamos um grupo de adolescentes cuja realidade é diferente da nossa. À meia-noite tudo o que pertence às trevas sai das sombras e percorre a cidade enquanto os humanos normais estão congelados no tempo, sem se aperceberem do que se passa durante a hora escondida.

Scott Westerfeld criou um mundo bastante realista, onde as explicações para os diversos fenómenos são claras se bem que ainda não se sabe tudo acerca da história que está por trás de tudo e porque é que algumas pessoas conseguem viver dentro dessa hora mágica e outros não. Também ainda falta entender como é que eles se encontram se bem que eles se reconhecem rapidamente e de forma bem clara:

A sua imagem estava desfocada.

É uma história de acção com evolução rápida e com muitos momentos altos que culminam nos últimos capítulos. Somos tão alienados como os personagens acerca da realidade, e estamos a acompanhar as suas descobertas como se estivéssemos com eles naquele momento.

É um livro com uma linguagem adaptada para o público mais jovem, mas que agradará a todos. É viciante e vibrante. Acabamos por lê-lo de uma ponta à outra sem o pousarmos.

As personagens têm as suas personalidades peculiares e são adaptadas aos seus poderes. São adolescentes normais, dentro de um liceu em Bixby, que não teriam grandes diferenças dos reais, já que eles também têm os mesmos dilemas e problemas. A pressão dos pais para serem melhores, os castigos, o primeiro amor. Todas essas coisas que passamos e que este livro relata perfeitamente.


Esta é uma excelente aposta da TopSeller.
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário